Jamila Mafra
Site Oficial da Autora
CapaCapa Meu Diário TextosTextos E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
17/07/2018 12h44
O Beijo ao Pôr do Sol - Romance na Amazon

Disponível na Amazon:

https://www.amazon.com.br/beijo-p%C3%B4r-sol-Jamila-Mafra-ebook/dp/B07DDP4GQN?qid=1531837572&refinements=p_27%3AJamila+Mafra&sr=1-3&text=Jamila+Mafra&ref=sr_1_3

PARTE I

Um Amor e Um Amigo

 Capítulo 1
 

Naquela inesquecível noite de céu estrelado, Ana Maria entrou no avião, carregando consigo um livreto de bolso, seu sobretudo pendurado no braço direito e também, em seu íntimo, novas expectativas. Ela jamais imaginaria tudo de incrível que o destino lhe reservava. Com uma feição de ansiedade, sentou-se em sua poltrona, suspirou e finalmente relaxou, com ares de alívio.
— Hm, que poltrona macia! — disse, entusiasmada.
Antes mesmo do aviso da aeromoça que passou perto e lhe sorriu, essa jovem colocou o cinto de segurança, abriu o livro e começou a lê-lo. E naquele ambiente de idas e vindas, ainda era possível ouvir o barulho das turbinas dos outros aviões aterrissando e os sons das vozes anunciando o voo.
Depois de contemplar as estrelas através da janela, um tempo depois da decolagem, Ana reclinou a cabeça, fechou seus olhos e relembrou alguns dos últimos acontecimentos de sua vida, entre eles seu último dia de aula na escola.
Em sua doce memória, novamente o relógio da parede marcava meio-dia quando o sinal tocou no tradicional colégio católico São Francisco de Assis, anunciando o fim do último dia de aula. Um pouco séria e em passos apressados e ansiosos, Ana caminhou pelos corredores em direção ao portão de saída. Suas mãos delicadas de princesa carregaram pela última vez seu material escolar, comprimindo-os contra seu colo. E o som inquietante produzido pelas solas de seus sapatos pretos se misturava ao barulho das pisadas dos outros estudantes, que também transitavam pelos corredores. Como sentiria falta de tudo aquilo! Até do seu uniforme; saia azul, sapato preto, meias e blusas brancas. Sentiria saudades do trajeto costumeiro que sempre fazia a pé de casa até a escola, principalmente em dias de chuva.
Inclusive a escola não era longe. Ficava na mesma avenida de sua casa, a das Nações Unidas. Inevitavelmente sentiria também muita falta de sua amada cidade, São Paulo. Ela quando caminhava gostava de observar tudo ao redor: os prédios, as árvores, o trânsito, as pessoas passando na calçada... Enfim, tudo. Era uma maneira peculiar dela se distrair.
Então finalmente ela estava partindo, mas para um nobre propósito: morar com seu amado pai, na Cidade Eterna, Roma!
Nada mais poderia ser tão emocionante quanto isso. Aquela jovem cheia de coisas para viver mal podia esperar pela hora do desembarque.

 


Publicado por Jamila Mafra em 17/07/2018 às 12h44
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.